e todo caminho deu no mar

e todo caminho deu no mar
"lâmpada para os meus pés é a tua palavra"

sábado, 24 de janeiro de 2009

leituras leituras leituras


Antigos e Soltos.
Poemas e Prosas da Pasta Rosa, Ana Cristina Cesar.

25 anos após o salto da poeta, vem a público o livro rosa que registra os anos e os materiais “escolares” de sua aprendizagem estética. “Quadro”, “giz”, “redações”, "sinal de recreio", “primeiras versões”, “diagnóstico precoce”, “projeto para um romance de vulto”... O recorte vocabular de Ana registra os bastidores de sua construção textual. Organizado por Viviana Bosi, o volume de 475 páginas “narra” os andaimes e as vigas da arquite(x)tura da poeta que refazia pele com a mesma competência de quem reescreve, parodia.

Um comentário:

antes da chuva disse...

Que bonito objeto do desejo.