e todo caminho deu no mar

e todo caminho deu no mar
"lâmpada para os meus pés é a tua palavra"

domingo, 26 de abril de 2009

Klimt e a mãe do Perseu



Danae é fecundada por Zeus - "o deus cintilando como pétalas de uma flor de luz". Daí nasce Perseu, o mito que encara o monstro - a Medusa. "A medusa queria paralisar a história ...Perseu queria fazer a história, contar a história, ser contado pela história..." (Leminski)

4 comentários:

telma disse...

Esse Klimt sempre me emociona.E Perseu salva a história como resignificação." 'É sempre na recusa da visão direta que reside a força de Perseu' ". Tão bom ver todas essas narrativas numa noite de domingo.

Daniela disse...

Esse Klimt também me emociona!


Visita meu site:
Sempre Mais estética
nos temos o tratamento Accent.
Para quem quiser saber, foi desenvolvido pela Namp
Sugestão: Sol viver piscinas

joao batista disse...

Klimt é demais! Um luxo, Nonato, os textos visual e verbal. Abraços, João

Noanto Gurgel disse...

Telma, Daniela e João, um trio de leitores que me emociona varando tempos e espaços.

abraços demorados
Nonato