e todo caminho deu no mar

e todo caminho deu no mar
"lâmpada para os meus pés é a tua palavra"

domingo, 23 de novembro de 2008

Dos ritmos do tempo

.
sou uma mulher do século XIX
disfarçada em século XX
.
(Ana C., 1982)

Sou um homem do século XIX extraviado neste século

(Borges, 1985)
.
Pois os grandes escritores... fazem suas combinações em um mundo que vem depois deles...

(Benjamin, 1995)

3 comentários:

Anônimo disse...

nossa, o que houve de tão definitivo no seculo XIX?

eg disse...

muito bom. e quem quiser ser do século XXII como faz? rs

Leonardo disse...

essa terceira citação, nova aqui, deixa tudo esperável e ao mesmo tempo misterioso, mt bom